segunda-feira, 6 de junho de 2011

Citações Gastronômicas - Eça e suas obras!


Olá!!

Olha Ele aí, o Eça!!



Fragmentos do Conto Civilização  ( do livro Os Melhores Contos de Eça de Queirós)

"Recolhemos ao Jasmineiro (residência de Jacinto) personagem principal do Conto) (...) O cozinheiro, mestre Sardão,era exímio nas delícias culinárias e para acompanhá-las muitas variedades de água!!"

QUANTA ÁGUA, HEIN?

"E de água havia sempre no Jasmineiro um luxo redundante- águas geladas, carbonatadas,esterilizadas,gasosas,de sais, minerais, outras ainda, em garrafas sérias, com tratados terapêuticos impressos no rótulo..." Que sede!!

QUANTO À CULINÁRIA... Mestre Sardão  servia aos convidados a sua sopa de alcachofras e ovas de carpa; os seus filetes de veado macerado em velho Madeira com purê de nozes; e suas amoras geladas em éter.

Após o inverno, Jacinto partia para seu velho solar de Torges , enviando antes, por comboios rápidos, em caixotes, tudo o que necessitaria lá em Torges para manter-se confortável como no Jasmineiro!! Eram camas de penas, banheiras de níquel, tapetes persas e, lógico, as coisas da cozinha!! As garrafeiras,geleiras, caixas de águas (aquelas lá descritas acima rsrsr)

Por conta de um desencontro de avisos, e o atraso dos caixotes, Jacinto não encontrou nada pronto!!


"Mas, logo na cozinha negra, cor de fuligem, um bando alvoroçado e palreiro (tagarela) de mulheres depenava frangos, batia ovos,escarolava arroz com santo fervor...E o caseiro repetia " a ceia de suas inselências não demorava um credo" Assim, logo mais, o Zé Brás anunciou docemente que estava na mesa a ceiazinha.  Na mesa de pinho (...) uma vela de sebo, meio derretida num castiçal de latão, dois pratos de louça amarela,ladeados por colheres de pau e garfos de ferro. Os copos, de vidro grosso e baço...Uma broa com um facalhão cravado!! Tudo muito rústico!!A comida chegou fumegante e cheirosa-caldo de galinha, com fígado e moela,arroz com favas, um frango louro, assado num espeto de pau... E para acompanhar o jantar,( cadê as diversidades de águas? ),só tinha um vinho quente, gostoso, penetrante, vivo, que tinha mais alma que muito poema ou livro santo!!" Jacinto, que não era de tanta comilança, acabou entregue a todos os pratos perfumados e ao vinho simples-não refinado!!


Em O Crime do Padre Amaro, Eça mostra muitas passagens gastronômicas, pois era muito comum, nesta época, as reuniões nas casas das famílias importantes da cidade. Estas aconteciam sempre com as presenças, do pároco local, padres, juíz, conselheiros, entre outras personas ilustres!!. Nesses encontros, ouvia-se música, bebia-se vinhos e, lógico, comia-se e muito!!

"No meio da sala de jantar, forrada de papel escuro, (...) a mesa e sua  de toalha muito branca, a louça e os copos reluzindo (...) Da terrina,subia o vapor cheiroso do caldo e, na travessa ,a galinha gorda, afogada num arroz úmido e branco, rodeada de nacos de bom paio, tinha uma aparência suculenta...A um canto, estava  o piano , coberto com uma colcha de cetim (...)



"A Ruça tinha entrado com o chá, S. Joaneira, enchendo as chávenas de alto dizia:" cheguem-se, que este é do bom!! É da loja do Sousa... " Vai um docinho, senhor pároco? disse Amélia" (...) muito fresquinhos! Aquele alí é   *Toucinho do Céu.  " Ah, se é do céu...disse Amaro todo risonho" E olhou para ela tomando o bolo com a ponta dos dedos."













*Toucinho do céu ( Receita original portuguesa)

Ingredientes

01 kg de açúcar, 250 grs de amêndoas raladas,250 grs de manteiga,250 grs de farinha de trigo , *12  gemas, água (metade do peso do açúcar).

Modo de preparar

Faça uma calda em ponto de pasta (açúcar e a água), junte a manteiga e deixe esfriar. Junte as gemas e os demais ingredientes, sendo a farinha de trigo por último .Despeje em uma assadeira e leve ao forno não muito quente para corar.Depois de pronto, corte em losangos e passe por um pouco de açúcar fininho, decore com amêndoas.

Bom Apetite!!



Atenção! Pode-se fazer também em forminhas altas individuais, como as da foto.

*Não se preocupem com o que fazer com as 12 claras que "sobram" , afinal não estamos em época de desperdiçar nada!! Portanto, veja na postagem seguinte a receita de um pudim de claras-simples e delicioso!!




                                                                                      
                                                                             

Um comentário:

  1. Hummm... Esse toucinho do céu parece ser fácil de fazer... Adorei!

    Beijos.

    ResponderExcluir